Recomendação aos viajantes em trânsito pelo México

E aí rumeiros?! Algum de vocês estão de passagem pelo México antes de chegar ao destino final? Então lê só essas recomendações do consulado Brasileiro.

O estabelecimento pelo México, em 2005, da obrigatoriedade de visto para os brasileiros que desejam visitar aquele país não abrange aqueles que apenas passam pelos aeroportos mexicanos em trânsito para outras localidades. Assim, muitos brasileiros têm se aproveitado da isenção de visto de trânsito e utilizado o Aeroporto Internacional da Cidade do México (AICM) como ponto de conexão para outras localidades, especialmente nos Estados Unidos, no Canadá e no Japão.

Infelizmente, o Ministério das Relações Exteriores tem recebido freqüentes reclamações de brasileiros que viajam ao exterior com passagem pelo AICM sem visto de trânsito mexicano. Esses passageiros têm seu passaporte retido pela imigração mexicana no período em que estão no AICM e são obrigados a aguardar seus vôos de conexão em áreas restritas, com pouca infra-estrutura e sob forte vigilância. Muitos deles têm reclamado de dificuldades para obter bebidas e alimentos, de tratamento inadequado pelos funcionários locais e da ausência de telefones em tais áreas de espera.

O Ministério das Relações Exteriores já expressou ao governo mexicano sua insatisfação com as más condições a que são submetidos os brasileiros em trânsito sem visto no AICM e continuará a insistir junto àquele governo por uma solução definitiva para essa questão. De toda forma, cabe recomendar aos brasileiros que planejam fazer escalas e conexões no Aeroporto Internacional da Cidade do México que obtenham, junto às repartições consulares mexicanas, visto de trânsito antes de viajarem. O porte de visto de trânsito permitirá o ingresso naquele país pelo tempo necessário para seguir viagem, evitando o confinamento nas áreas restritas daquele aeroporto.

Para os viajantes com destino à Ásia, também existe a possibilidade de solicitar uma Autorização Eletrônica para Transitar no México, que possui validade de 30 dias e é válida para apenas uma entrada no país. Este documento pode ser solicitado através do sítio eletrônico http://autorizacionelectronica.inami.gob.mx/ , e a autorização é concedida em até 12 horas.

Se você solicitou e obteve uma Autorização Eletrônica para Transitar no México, deverá comparecer, no dia de seu vôo, no guichê da companhia aérea e apresentar o número da autorização, seu passaporte vigente, e seu visto para o país de destino final.

Informações de contato das repartições consulares do México podem ser encontrados na internet, no seguinte endereço eletrônico: www.sre.gob.mx/acerca/directorio/consulados/dirconsulados.htm

Nos vemos por aí!

Sobre Out There

Immigration stamp collector
Esse post foi publicado em Exterior? O que saber!, Informativos e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s